I ♥ Validator

CSS válido!

Todos@Web - Prêmio Nacional de Acessibilidade na Web
Início do Conteúdo

setembro 13

“Os Senhores da Guerra” chega aos cinemas com acessibilidade no app MovieReading

Postado em: Notícia

Imprimir

Descrição da imagem #pracegover: cartaz do filme ilustrado pela foto dos personagens principais, Carlos (André Arteche) e Julio (Rafael Cardoso). Carlos tem sobrancelhas espessas, barba rala, usa chapéu preto e lenço vermelho no pescoço. Júlio tem olhos verdes, bigode e cavanhaque e usa um lenço branco. Abaixo da imagem a frase: "Dois irmãos. Dois partidos. Uma guerra civil” e, em letras vermelhas, "Os Senhores da Guerra".  Sob o título aparecem os rostos de outros personagens, lado a lado, da esquerda para a direita, Orfila (Sirmar Antunes), Alemão Brinckmann (Marcos Verza), Dona Minina (Andrea Buzato), Ramón (Leonardo Machado), Maria Clara (Elisa Brites), Soveral (Marcos Breda) e Ulisses (Felipe Kannemberg).  Informações em texto: Walper Ruas apresenta: André Arteche e Rafael Cardoso em “Os Senhores da Guerra”, um filme de Tabajara Ruas, da obra de José Antônio Severo, prêmio especial do júri e melhor atriz coadjuvante para Andrea Buzato, Festival de Cinema de Gramado. Com acessibilidade através do App MovieReading Brasil.  No rodapé, símbolos dos recursos audiodescrição, closed caption e LIBRAS, o logo do aplicativo e o site www.moviereading.com.br. Em seguida a mensagem “A Iguale Comunicação de Acessibilidade é a representante exclusiva do APP MovieReading no Brasil e América do Sul”.

Em parceria com a Accorde Filmes, a Iguale Comunicação de Acessibilidade sente-se honrada em assinar a produção dos recursos acessíveis de LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais), LSE (Legendas para Surdos e Ensurdecidos) e Audiodescrição para mais um filme nacional. “Os Senhores da Guerra” estreia nas salas de cinemas dia 15 de setembro, e para garantir o seu acesso de forma inclusiva a todos os públicos, disponibilizará os recursos de acessibilidade no aplicativo MovieReading.

O filme de Tabajara Ruas conta a história de dois irmãos, dois partidos e uma guerra civil, ao narrar fatos verídicos da vida de Julio e Carlos Bozano. No elenco, estão nomes como Rafael Cardoso, André Arteche, Leonardo Machado, Andrea Buzato, Marcos Verza, Marcos Breda  e Elisa Brites. O longa “Os Senhores da Guerra”, que recebeu o prêmio especial do júri e kikito de atriz coadjuvante para Andrea Buzato, no Festival de Gramado de 2014, é baseado na obra de José Antonio Severo, com produção da Walper Ruas. “Abordando um tema histórico, aliado aos recursos de acessibilidade, queremos atingir um público cada vez maior e mais diversificado”, afirma a produtora Lígia Walper

A audiodescrição, que tem roteiro de Marilaine Castro da Costa, revisão de Letícia Schwartz, com consultoria de Felipe Mianes, garante o acesso ao conteúdo visual e não verbal por parte das pessoas com deficiência visual e outras deficiências, como a intelectual, por exemplo. A LIBRAS facilita a compreensão por parte das pessoas com deficiência auditiva, adeptas da Língua Gestual ou Sinalizada, e as legendas descritivas dão mais autonomia aos surdos e ensurdecidos, usuários da Língua Portuguesa. “Todos esses recursos podem ser acessados, proporcionando a inclusão no cinema e no meio cultural, através do aplicativo MovieReading”, explica Mauricio Santana, diretor da Iguale Comunicação de Acessibilidade, empresa que responde pelo app no Brasil e na América do Sul.

Os recursos disponíveis no MovieReading podem ser baixados gratuitamente por usuários de celulares e tablets. Sem necessidade de conexão com a Internet no momento da exibição, o aplicativo e os recursos, depois de baixados, podem ser utilizados em qualquer lugar, ou seja, em todas as salas de cinema onde o filme estiver sendo exibido e, posteriormente, em casa ou em qualquer outra plataforma onde venha a ser novamente exibido.

Com o MovieReading já disponível no celular ou tablet, o usuário poderá acionar legendas, LIBRAS e audiodescrição que serão sincronizadas em tempo real ao filme por meio do reconhecimento de áudio. Para usar o app com o recurso da audiodescrição, é necessário ter fones de ouvido conectados ao aparelho. Como o MovieReading sincroniza os arquivos de acessibilidade ao som do filme em exibição, é preciso ter cuidado para não obstruir a captação do microfone do aparelho. O microfone é o mesmo que transmite a voz para outra pessoa em uma ligação telefônica.

Sinopse

“Os Senhores da Guerra”narra a história verídica dos irmãos Julio e Carlos Bozano, jovens da elite gaúcha no início do século XX, cultos, unidos por profunda amizade, que se enfrentam em lados opostos na guerra civil de 1924, no Rio Grande do Sul.

Julio, chimango e legalista, é prefeito de Santa Maria e recebe a missão de impedir o avanço das tropas do líder da oposição, general Zeca Neto, de quem Carlos, maragato e revolucionário, é secretário particular. Os amores dos guerreiros carregam sonhos e esperanças em meio ao turbilhão da guerra civil.

O destino coloca o líder comunista Luiz Carlos Prestes entre os irmãos Bozano. No surpreendente desfecho da batalha no Passo da Cruz eles provam que a fraternidade é a mais forte das bandeiras.

Saiba mais no site oficial do filme: www.ossenhoresdaguerra.com.br

Sobre a Iguale Comunicação de Acessibilidade

A Iguale Comunicação de Acessibilidade é a primeira empresa do Brasil criada exclusivamente para pensar e desenvolver soluções assistivas completas em comunicação para pessoas com algum tipo de deficiência. Fundada em 2008, em São Paulo, pelo publicitário, professor universitário e empresário Mauricio Santana, a empresa é precursora do conceito de comunicação de acessibilidade no país. Entre os recursos que a empresa disponibiliza ao mercado estão a audiodescrição, as legendas descritivas (closed caption e open caption), LIBRAS, voice over, acessibilidade web e participação efetiva em muitos projetos com foco em acessibilidade.

Fonte: Assessora de Imprensa da Iguale Comunicação de Acessibilidade

Postar comentário: